All posts tagged: Animação Sociocultural

Plano de Contingência COVID-19

Atendendo à incerteza da evolução da pandemia da doença por Covid-19 e seguindo as orientações da Direção-Geral dos Estabelecimentos de Ensino – DGEstE, as orientações conjuntas da DGEstE, da Direção-Geral da Educação – DGE e da Direção-Geral da Saúde – DGS, o Instituto para o Desenvolvimento Social – IDS irá adotar um conjunto de medidas excecionais de organização e funcionamento, por forma a que, as atividades letivas e não letivas do Ano letivo 2020/2021 decorram presencialmente, com todas as condições de segurança e higiene, e um Plano de Contingência que será imediatamente acionado, se necessário.

IDSPlano de Contingência COVID-19
ler mais

A escola é um espaço de relações

A escola é um espaço de relações. Não só de aprendizagem, mas também de ligações sociais e de afetos. Mas, entre todas elas, é a relação professor-aluno a que mais se destaca. É aquela que, quando cumpre a sua missão, deixa marcas na vida de todos nós. Alunos, docentes e pais.

IDSA escola é um espaço de relações
ler mais

Regresso à Escola, dia 18 de maio – 3.º ano

  • A Direção do IDS reuniu-se, via plataforma Zoom, para ultimar os preparativos da reabertura das aulas presenciais, no propósito de receber com total segurança os seus estudantes do 3.º ano, nas disciplinas sujeitas a exame.
  • Os estudantes terão de frequentar as aulas dessas disciplinas independentemente de realizarem ou não os respetivos exames.
  • Todas as outras disciplinas continuarão a funcionar em E@D.
  • Ficou estabelecido que as atividades letivas funcionarão entre as 10h30 e as 17h20, em horários desfasados entre as turmas, evitando-se, assim, a concentração de estudantes, professores e pessoal não docente no recinto escolar, bem como no período mais frequente das deslocações escola-casa-escola.
  • As turmas ficarão instaladas em salas distanciadas entre si.
  • Os horários foram elaborados de modo a concentrar as aulas das diferentes disciplinas de cada turma, não dando lugar a períodos livres entre aulas.
  • Será privilegiada a utilização de salas amplas e ventiladas, sentando-se um estudante por secretária.
  • A disposição das mesas respeitará a distância de segurança de 2 metros em redor e será feita com a mesma orientação, de maneira a impedir que os estudantes se sentem de frente uns para os outros.
  • Os intervalos entre as aulas terão a menor duração possível, devendo os estudantes permanecer dentro da sala.
  • Os circuitos e procedimentos dentro da Escola foram definidos por forma a garantir o distanciamento físico entre os estudantes, nomeadamente no percurso desde a entrada da Escola até à sala de aula e às instalações sanitárias, evitando-se o contacto entre os estudantes.
  • Serão impedidas todas e quaisquer concentrações de estudantes nos espaços comuns da Escola.
  • Está assegurada a presença dos recursos humanos estritamente necessários ao funcionamento das atividades letivas presenciais (docentes e pessoal não docente).

Faltas justificadas

  • A assiduidade dos estudantes será registada.
  • Segundo regulamento ministerial, os estudantes que não frequentem as aulas presenciais, por manifesta opção dos encarregados de educação, têm as suas faltas justificadas, não estando a Escola obrigada à prestação de serviço remoto. Mesmo assim, tentaremos que esses estudantes acompanhem as aulas “em direto”, via plataforma Zoom.
  • Se um estudante se incluir, atestadamente, num grupo de risco, a Escola facilitará o apoio remoto, à semelhança do que acontece nos casos de doença prolongada.

Normas de conduta

  • É obrigatória a utilização de máscara protetora no interior da Escola (dentro e fora da sala de aula, exceto nas situações em que a especificidade da função não o permita).
  • Ao entrar na Escola, todos os utentes (técnicos e estudantes) terão de desinfetar as mãos com uma solução antisséptica de base alcoólica, que a Escola disponibilizará em pontos bem visíveis.
  • Será reforçada a obrigatoriedade da lavagem das mãos antes e após as aulas, antes e após o uso dos sanitários e sempre que se considere necessário.
  • Sempre que possível, será garantido o arejamento dos espaços, com a abertura de portas e/ou janelas.
  • Deverão os estudantes usar lenços de papel (de utilização única) para se assoarem, deitá-los num caixote do lixo depois de utilizados e lavar bem as mãos, com água e sabão, de seguida.
  • Foram criadas regras de utilização das salas do pessoal docente e não docente, que promovem o distanciamento físico.
  • Mantêm-se identificados os percursos para o gabinete/sala de isolamento, de acordo com o Plano de Contingência em vigor.
  • Só será admitido e atendido um estudante de cada vez nos serviços de Secretariado.
  • As superfícies comuns, como corrimãos, maçanetas de portas, interruptores, etc., serão desinfetadas várias vezes ao dia.
  • Nas salas de aula, os estudantes terão à disposição produtos de higiene e desinfeção e serão convidados, ao sentarem-se, a aplicarem-nos na desinfeção dos tampos das mesas.
  • Estão assegurados procedimentos e um plano de outras medidas que mitiguem a possibilidade de contágio, garantindo-se a segurança da comunidade educativa.

Sejam muito bem-vindos e bem-vindas!


IDSRegresso à Escola, dia 18 de maio – 3.º ano
ler mais